Artigos

Metodologias ativas: o que são e quais seus benefícios para o aprendizado?

12/12/2019

Nenhuma imagem encontrado.

Metodologias ativas: o que são e quais seus benefícios para o aprendizado?

Você já ouviu falar sobre Metodologias Ativas? Este modelo de ensino busca revolucionar antigos paradigmas remanescentes do século XIX, nos quais o professor ainda estava no centro do processo de aprendizagem. Com as Metodologias Ativas, o aluno se torna responsável por sua própria aprendizagem, ganhando autonomia e autoconfiança para enfrentar os desafios do mundo real.

Nos dias de hoje, as tecnologias permeiam o cotidiano de crianças e adultos. Com a imensa quantidade de informações disponíveis, fatalmente, o educador deixa de ser o único responsável pela exposição dos conteúdos de formação aos estudantes.

Assim, torna-se urgente a atualização e aperfeiçoamento dos métodos de ensino nas escolas para engajar os alunos hiperconectados, tornando-os protagonistas do processo de ensino-aprendizagem e formando alunos mais proativos, conscientes e responsáveis.

Porém, é importante ressaltar que nem sempre se fará uso de recursos digitais nas estratégias e técnicas das Metodologias Ativas. O objetivo principal é transferir o foco do professor para o aluno, tornando o processo mais atrativo e eficiente.

Mas, afinal, o que são as Metodologias Ativas? Neste post, vamos te explicar o que são Metodologias Ativas, como elas funcionam e quais os seus benefícios para o aprendizado.

O que são Metodologias Ativas

No livro “Aprendizagem Baseada em Problemas”, os professores Genoveva Sastre e Ulisses Ferreira alertam que somente 10% de um conteúdo que é apenas lido é, de fato, assimilado pelo aluno. Caso o aluno também escute sobre esse conteúdo, poderá reter, em média, 20% do assunto.

Agora, quando um conteúdo é vivenciado pelo aluno, em uma simulação, por exemplo, o aluno pode reter, em média, até 90% do que aprendeu. Ou seja, a apropriação do conteúdo pelo estudante é essencial para o seu aprendizado.

Essas estimativas divulgadas pelos professores mostram quão fundamental pode ser o advento das Metodologias Ativas para o processo de ensino-aprendizagem.

Nessas metodologias de ensino, o estudante passa a ser o protagonista do processo de aprendizagem, enquanto o professor assume um papel de intermediador e orientador. Há, portanto, um espaço muito maior para a participação dos alunos na construção do conhecimento.

Nesse cenário, a partir de problemas e situações reais, o aluno é estimulado a pensar criativamente para encontrar soluções com base nos conteúdos e orientações apresentados pelo professor. Essa transformação do processo permite que os alunos se sintam mais motivados, engajados e interessados.

Como funcionam as Metodologias Ativas na prática

Existem diversas estratégias para a aplicação das Metodologias Ativas no sistema de ensino. Dentre elas:

  • Sala de Aula Invertida: aqui, os alunos têm a oportunidade de ter um primeiro contato com o conteúdo antes das aulas, com orientação do professor e por meio de materiais multimídia diversos, otimizando o tempo de aprendizado em sala de aula.
  • Aprendizagem Baseada em Problemas (Project Based Learning - PBL): nesta estratégia, os alunos devem aprender por meio da resolução de um problema baseado em uma situação da vida real. Com a orientação do professor e com base nos conteúdos trabalhos, ele deve utilizar as tecnologias e outros recursos disponíveis para investigar, refletir, criar e propor uma solução.
  • Aprendizagem “Faça você mesmo” (Movimento Maker): incentiva os alunos a “colocarem a mão na massa”, aprendendo por meio de atividades práticas - com tentativas, acertos e erros - a desenvolver habilidades para resolver problemas.

Essas são apenas algumas das estratégias utilizadas nas Metodologias Ativas. Existem muitas outras, como a Gamificação, que utiliza elementos dos videogames no processo de ensino; a Adaptive Learning, que utiliza softwares para personalizar o processo de aprendizado, customizando o conteúdo oferecido às necessidades e dificuldades do aluno; ou o Storytelling, um conjunto de técnicas narrativas que têm como objetivo engajar o aluno etc.

As inovações são constantes, tudo tendo em mente a otimização do processo de aprendizagem do aluno.

Benefícios das Metodologias Ativas para o aprendizado

Sabe-se que o modelo antigo de ensino, nos quais os professores expunham o conteúdo na frente de uma lousa, enquanto os alunos sentavam-se enfileirados absorvendo o conteúdo passivamente, está se tornando cada dia mais insustentável.

Primeiro, porque pesquisas já demonstraram a sua falta de eficácia para preparar os alunos para o mercado de trabalho e para a vida. E, segundo, porque a quantidade de informações a que os alunos são submetidos diariamente precisa ser direcionada, sob a orientação adequada, e aproveitada, a fim de evitar o tédio, dispersões e ansiedade.

Para além de possibilitar uma necessária inovação no sistema de ensino, o uso das Metodologias Ativas proporciona inúmeros benefícios para o aprendizado dos alunos:

  • Proporciona segurança em si mesmo e autoconfiança;
  • Incentiva a proatividade;
  • Estimula a criatividade;
  • Desenvolve a expressão oral e o compartilhamento de ideias;
  • Incentiva o desenvolvimento socioemocional e do trabalho em equipe;
  • Aprimora o processo de tomada de decisões;
  • E muito mais.

Gostaria de saber mais sobre como aplicamos as Metodologias Ativas na Escola Salesiana? Então, clique aqui e agende uma visita conosco!

Matrículas abertas! Garanta uma vaga para seu filho!